Preocupação com a preservação encerra as atividades do 10º Seminário Patrimônio Cultural

O 10º Seminário Patrimônio Cultural, que ocorre em Ouro Preto, na Fundação de Arte de Ouro Preto | FAOP teve seu encerramento na manhã do dia 28 de abril. Com a conferência “Sistemas Construtivos históricos e manufaturas no Brasil” do professor de história da arte da Universidade de Campinas | Unicamp, Marcos Tognon.

SONY DSC

Apresentando casos que mostram a preocupação com a restauração e conservação dos bens imóveis, como no caso da reconstrução da Matriz de São Luiz de Toloza, em São Luís do Paraitinga, os sistemas construtivos apresentados, debateram as técnicas de preservação das taipas vernaculares e seus diversos tipos de consolidação. Dentre os estudos, Marcos apontou as pesquisas iconográficas e o uso de termografia na detecção de manifestações de umidade e permeabilidade com exames não destrutivos.

Ao final, a Presidente da FAOP, Júlia Mitraud, agradeceu o engrandecimento de cada atividade do Seminário para os participantes. Apresentando o projeto Frentes Abertas, que com o patrocínio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais | Codemig, para a aquisição de novos equipamentos para a Fundação e a criação da Escola de Ofícios em Mariana, com diversos cursos de conservação, junto ao Instituto Terra.

O 10º Seminário Patrimônio Cultural  tem patrocínio da Gerdau.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: