Mesa I | Pesquisa Científica

Na terça-feira (12/06), foi realizada a primeira mesa do 11º Seminário Patrimônio Cultural da FAOP. Isolda Mendes (UFMG) mediou as falas de Alexandre Cruz, professor da EBA UFMG, e de Márcia Rizzo, fundadora da empresa de restaurações MRIZZO e professora da PUC-SP.

Márcia Rizzo apresentou um panorama das mudanças no conceito de restauro, indo desde a Idade Média até o século XXI. Foram expostos alguns trabalhos da MRIZZO juntamente com a metodologia e materiais aplicados em cada um deles.

A formação conjunta em artes e química da professora garante, como ressaltou a mediadora Isolda Mendes, uma abordagem singular na restauração.  O material que ela desenvolveu no doutorado revela isso: um adesivo composto por sílica que auxilia na limpeza de obras policromadas.

Ele atua como suporte dos solventes e/ou soluções de limpeza para retirada de vernizes, repinturas, sujidade, etc., sem afetar a camada pictórica por atrito e sem penetração do solvente na pintura.

Alexandre Cruz mostrou como o desenvolvimento da tecnologia fotográfica pode auxiliar no trabalho do restaurador. Hoje, ela permite uma visão detalhada e precisa dos elementos da obra. O profissional pode ter diagnósticos mais assertivos que conferem mais qualidade ao resultado.

Além de diversos trabalhos para museus como MASP e Inhotim, auxiliando na restauração de obras por meio da precisão fotográfica, o professor e sua equipe também realizam documentações de bens culturais. Com as tecnologias disponíveis, são capazes de capturar imagens de objetos de larga escala como tetos e murais sem distorções da forma ou da cor. Algo fundamental para a integridade das obras.

 

11º Seminário Patrimônio Cultural

A Fundação de Arte de Ouro Preto | FAOP realiza até o dia 15 de junho o XI Seminário Patrimônio Cultural | Conservação e Restauro no Século XXI. O tema da edição é “Desafios Contemporâneos”. A programação conta com mesas, palestras, oficinas e apresentações de trabalhos.

O encontro é voltado para profissionais, gestores culturais, professores, estudantes e demais interessados nos processos, desafios e possibilidades da conservação e restauração do patrimônio cultural material.

A iniciativa destaca a importância da investigação científica na área da preservação do patrimônio cultural e suas implicações em métodos e técnicas de restauração de bens culturais.

O Seminário Patrimônio Cultural é patrocinado pela Cemig por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: